Piero C. Leirner

pierolei@ufscar.br

Currículo Lattes

 

Pesquisa: Etnografias de sistemas militares em uma análise comparada: perspectivas antropológicas da guerra

Este projeto tem como tema a análise antropológica de sistemas militares e estatais modernos, especialmente exércitos e agências estatais que trabalham ligadas (das mais diversas maneiras) aos militares. Trata-se de uma continuidade de projetos anteriores, onde procurou-se consolidar teórica e conceitualmente uma série de pesquisas sobre militares e setores estatais afins que têm acontecido nos últimos anos. Centrado especialmente em etnografias realizadas, e em andamento, com setores das Forças Armadas brasileiras, o projeto pretende trazer à tona discussões relativas ao campo ou subárea da “antropologia da guera” para posteriormente problematizar conceitos ligados à temática da guerra e dos exércitos. Secundariamente, também se propõe aqui retomar uma série de discussões recentes sobre a antropologia da/na guerra em outros países, especialmente nos EUA, onde a produção tem sido mais relevante desde o 11 de setembro. Diante de várias análises antropológicas que buscam pensar a guerra conceitualmente através da experiência etnográfica, um dos pontos a serem discutidos diz respeito à propriedade em se tratar os fenômenos relativos à guerras contemporâneas com repertórios conceituais das chamadas “guerras primitivas”; ao mesmo tempo, pretende-se observar o rendimento conceitual para a antropologia da guerra ao etnografar instituições militares modernas. Dentro desta proposta, pretende-se chegar a uma ampliação dos subsídios tanto para pensar em formulações alternativas para conceitos associados à guerra, quanto para pensar problemas relativos a processos sociais associados à formação das Forças Armadas, no Brasil e em comparação com outros lugares.

 

Instituição: Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Vínculo: Professor Associado do Departamento de Ciências Sociais - UFSCar