GESD/LabNAU recebe a visita de pesquisadores italianos

No dia 22 de abril, o GESD (Grupo de Estudos Surdos e da Deficiência) recebeu a visita do professor Andrea Ravenda e do doutorando Fabrizio Mandes, ambos da Universitá degli Studi di Peruglia (Itália).
 

 

Andrea Ravenda apresentou sua pesquisa sobre a produção legal de imigrantes ilegais, utilizando referências de Giorgio Agamben (estado de exceção, campo e mundo da vida). Seu trabalho de campo foi realizado em centros de identificação e deportação de imigrantes.

Fabrizio Mandes expôs sua pesquisa sobre surdez na Itália, abordando os conflitos entre o percurso sanitário (de medicalização) - calcado em estreitas relações entre médicos e associações de pais - e as reivindicações de reconhecimento da língua de sinais italiana, por agentes ligados a uma associação nacional de surdos da Itália.

A reunião contou também com a participação do etnólogo Paride Bollettin, que realizou um trabalho de tradução simultânea italiano-português, contribuindo para uma proveitosa discussão sobre a surdez no contexto italiano e sobre o referencial teórico de Agamben, a partir da pesquisa sobre imigração.

O GESD agradece imensamente aos três pesquisadores, pela presença e contribuição com os debates do grupo.

Tags: