Mariane da Silva Pisani

marianepisani@gmail.com

Currículo Latttes

 

 

Resumo curto da pesquisa: O universo do futebol, bem como o dos esportes em geral, desde sua origem é predominantemente ocupado por homens. Mulheres que praticassem qualquer tipo de modalidade esportiva eram duramente julgadas em sua feminilidade. O futebol de mulheres possui apenas 30 anos de história no Brasil, se contarmos a partir da revogação em 1979 da lei que proibia as mulheres de jogarem. O objetivo geral da pesquisa é compreender, o processo de formação e, consequentemente, de profissionalização de jogadoras de Futebol Feminino da cidade de São Paulo. Ampliando e discutindo as categorias propostas de micro, meso e macro profissionalização.

Palavras-chave: Língua; Cultura; Antropologia Lingüística; Etnografia da língua; Libras; Cultura Surda.

 

Instituição: Universidade de São Paulo (USP)

Vínculo:  Doutoranda (Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da USP - PPGAS)